Qual é a hora certa de trocar os móveis do seu escritório?

Qual é a hora certa de trocar os móveis do seu escritório?

Quando temos um escritório, principalmente se recebemos clientes neste espaço, é necessário passar uma boa imagem, de profissionalismo e cuidado. Por isso, é fundamental que tudo seja harmonioso e bonito.

Não é diferente com os móveis do local. É essencial que estejam sempre limpos, organizados e passando a mensagem de que ali tudo é sério e bem feito.

Para quem não sabe exatamente como ornar todos os detalhes, vamos falar sobre o momento certo de trocar os móveis do escritório. Profissionais do Design e da Arquitetura certamente podem ajudar, e cabe aos administradores da empresa procurar e saber a hora de dar um novo visual ao seu espaço.

Aspecto estético

Com o passar do tempo, mesmo que haja um cuidado diário e limpeza constante, a aparência dos móveis começa a decair. Eles ficam menos brilhantes, as cores naturais desbotam, alguma mancha acaba ficando mais forte e impossível de ser retirada.

Neste caso, em vez de tentar disfarçar, é muito válido realizar uma troca dos móveis. Até porque, com as novidades, a empresa passará um ar de modernidade e uma imagem de conservação muito importante também no aspecto comercial.

Ficar com móveis antigos não ajudará em nada na mensagem passada pelo negócio.

Identidade visual do escritório

E, falando sobre mensagem a ser passada, qualquer escritório pode se considerar uma marca perante os clientes. E, pensando desta forma, os móveis fazem sim parte de uma identidade visual. O design do local influencia na forma que os funcionários e clientes enxergam aquele serviço.

Por isso, é fundamental que os administradores analisem constantemente a estética dos móveis. Eles são modernos? Estão limpos e com a beleza intacta? Passam a imagem que quero? Quando alguma destas respostas não bater, é o momento de trocá-los.

Utilidade, ocupação do espaço e conforto

Muitas vezes, quando compramos o móvel, é bastante útil e se encaixa bem no espaço. Porém, com o passar do tempo, isso pode se alterar.

Uma mesa em determinado canto do escritório pode perder sua validade com o tempo, assim como se torna necessário colocar, naquele espaço, uma máquina que traga ganhos estratégicos para o trabalho.

Por isso, a utilidade e a forma como os móveis ocupam o local também influenciam na hora de trocar. Não vale a pena ficar com um objeto sem uso. Ou, se há a chegada de um novo funcionário, por exemplo, é necessário rearranjar o espaço e, com isso, determinado móvel pode se tornar apenas um complicador na movimentação das pessoas.

Isso, sem falar no conforto. Todos os envolvidos precisam se sentir bem no escritório. Com muitos móveis entulhados, essa não será a realidade.

Desta forma, vale a pena pensar em uma reorganização, trocando por objetos menores, ou comprando novos que se encaixem em outras partes da sala. Enfim, é mais um aspecto a ser considerado.

Estes são alguns dos fatores que devem ser pensados para saber a hora de trocar os móveis. Existem outros, como a questão de custo-benefício e a possibilidade de investimento do escritório nos artefatos.

De qualquer forma, o importante é que o administrador do local tenha em mente as dicas acima para não errar na hora da troca.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais sobre este e outros temas relacionados a móveis de escritório? Visite o site palucamoveis.com.br e conheça mais do nosso trabalho!